Conselhos para você viver melhor

     Com a correria do dia-a-dia, ás vezes não damos grande importância para muitas questões das quais todos nós passamos frequentemente. Achamos que algumas situações só acontecem com a gente, mas quando encontramos alguém que se identifica com tal coisa, nos damos conta do quão universal é.

     Então, foi pensando nisso que Alex Noriega (nascido e criado em Barcelona), criou o projeto Styff No-One Told Me (Coisas que ninguém me contou) e ilustrou seus conselhos e pensamentos randômicos, de forma que -mesmo os assuntos importantíssimos- ficassem humoristicamente sutil aos olhos do público. Veja:



Diversão é um conceito relativo.



Não é seu salário que diz o quanto você é legal.


Coisas são somente coisas. Não se apegue a elas.



Se você sempre tenta parecer inteligente, vai acabar parecendo estúpido.



Os problemas da sua família não são seus.



Encontre alguém que consiga rir com você sobre tudo e o resto vai ficar bem.



Aceite o fato de que vai errar um pouco tentando fazer algo novo, então será muito mais fácil.



Não force seus amigos para as suas coisas... Deixe que eles busquem e gostem se quiserem.



É bom ter grandes expectativas, mas mantenha-as de forma lógica. ("Eu quero ser o próximo Michael Jackson!").



Você não é especialmente preguiçoso, você é apenas um mamífero.



Pessoas que só te ligam quando precisam de algo, não são seus amigos.



Fato: grandes empresas vão sugar seu sangue e alma... Tente evitá-las.




Esteja aberto a coisas novas. (Ano 1441: "A prensa móvel vai matar tudo." / Hoje em dia: "A internet vai matar nossa cultura!").


     O fato é que: nos cercar de coisas boas e divertidas durante nosso dia, faz muito bem para nossa mente. E ao ver esses conselhos, ficamos com uma sensação de que as coisas não são tão complicadas como achamos, não é?
     Gostou do post e quer ler mais sobre ilustradores por aqui? Deixe seu comentário. :)

Beijos,
Thay.

14 filmes legais para ver nos dias de tédio



Oi! 
Hoje estava passeando pela internet, eis que encontro essa tag bem legal sobre filmes, e como eu sou uma viciada de carteirinha assinada, fiquei super empolgada para respondê-la. A empolgação foi tanta, que eu até coloquei algumas categorias a mais, pois não poderia deixar alguns filmes de fora dessa lista. :)


1. Último filme que assisti: Homem-Formiga.  
Eu juro que me controlei até as últimas consequências para não colocar todos os filmes da Marvel aqui em mil categorias diferentes. Ser fã desses super heróis é complicado, não tem como não amar todos e até os vilões! Mas, o último filme que eu assisti foi Homem-Formiga, eu amei de paixão. É o longa que fecha a fase 2 da Marvel, e faz jus ao nexo do próximo Capitão América - Guerra Civil (que estreia ano que vem!).



2. Um filme que quero muito ver: O Fabuloso Destino de Amélie Poulain.
Sei que esse é bem clássico e quase todo mundo já assistiu, mas agora que estou ficando apaixonada por filmes antigos, estou com uma lista (meio grande) para ver vários longas que fizeram sucesso antigamente e esse é um dos que estou louca para assistir. E acho que ainda vou amar esse filme... Espero!



3. Um filme para rir: Curtindo a Vida Adoidado.
Esse é tipicamente um teen movie dos anos 80, é uma comédia inteligente e sarcástica, que conta as confusões dos dias de Ferris Bueller, sua namorada e seu melhor amigo, que querem aproveitar a adolescência de todas as maneiras possíveis. Adoro rever esse filme com minha família quando estamos no tédio. Vale a pena ver se você busca algo divertido.



4. Um filme de drama: Cidades de Papel.
Amo/Sou esse filme! E não é só por eu ser fã da Cara, ou do John Green, mas o filme é apaixonante. O final me trouxe um pensamento muito bom de que chegar ao seu destino, ás vezes não é tão bom quando a jornada em si, essa sim, devemos aproveitar ao máximo.



5. Um filme para chorar: Lembranças.
Obviamente quando vi esse filme pela primeira vez, foi por causa do Robert, mas acabou entrando para um dos meus favoritos. O enredo é lindo, os atores são maravilhosos (risos), e o final é emocionante, portanto assista com lenços de papel do lado.



6. Um filme para ver com a família: Gente Grande.
Quando li essa categoria, logo pensei nesse filme. É muuuito divertido para ver com a família, e apesar de ser do gênero comédia, a moral da história nos ensina a dar valor as pessoas que temos por perto.



7. Um filme de romance: Um Amor para Recordar.
Perfeito! Eu amo, amo, amo, amoooo esse! Um Amor Para Recordar é outro filme para você assistir com lenços de papel do lado, é lindo e eu nunca vou me cansar de assistir. Quem me conhece bem, sabe que esse é o meu filme favorito, dos que foram baseados nos livros do Nicholas Sparks.



8. Um filme lindo: A Culpa é das Estrelas.
Mas é claro que não poderia faltar o filme que consiste no topo dos meus favoritos, não é? O que falar sobre ele? Eu amo tudo, tudo mesmo. O John Green é o melhor autor do mundo, o filme é idêntico ao livro, e sinceramente não sei dizer qual dos dois gosto mais. Meu eterno amor por Hazel Grace e Gus Waters, o casal que me faz acreditar no amor mesmo nos tempos difíceis.



9. Um filme para morrer de medo: Garota Infernal.
Ok, eu sei que esse não é tão de terror assim. Mas, eu adoro esse filme! Megan Fox e Amanda Seyfried arrasaram, e a trilha sonora é fantástica. (Queria registrar aqui, que a música New Perspective do Panic! At The Disco marcou minha sétima série, por causa desse filme, saudades).



10. Um filme para ver no feriado: A Menina que Roubava Livros.
Segunda Guerra Mundial é de longe a parte da história que eu mais sou interessada, isso aguçou mais ainda a minha vontade de assistir esse filme. O contexto é meio parado, então você precisa assistir em um dia que não esteja com a cabeça cheia pra dar atenção aos detalhes, mas é lindo. Super recomendo.



11. Um filme de suspense: O Quarto do Pânico.
Kristen Stewart, meu amor! Esse é o melhor filme de suspense psicológico que você pode assistir, e mesmo sendo bem antigo, eu ainda não superei o elenco. Além da linda da minha atriz favorita, tem o nosso querido Jesus Jared Leto na trama, como não amar? 



12. Um filme de ficção cientifica: O Exterminador do Futuro - Gênesis.
Além dos filmes de super heróis, tenho uma paixão imensa pelos de ficção científica, amo histórias inteligentes que me fazem quebrar a cabeça para entender, e esse é o melhor filme que eu poderia colocar nessa categoria. É um longa metragem complicado e exige olhos vidrados na tela do primeiro ao último minuto do filme, uma piscada é fatal para perder o nexo da coisa (sério). Mas eu amo os filmes dessa saga, e esse de 2015 foi de longe o melhor, perdendo apenas para o primeiro Exterminador do Futuro (que é clássico e incomparável).



13. Um filme de animação: Meu Malvado Favorito.
Na minha opinião esse é um dos filmes mais fofos já criado na história do cinema.  Já vi milhões de vezes e mesmo assim nunca me canso. É muito divertido e fofo, nos traz uma sensação de que todo mundo tem algo bonito dentro de si. Além desses personagens surpreendentemente amáveis, há os minions (amor eterno por essas criaturinhas), que trazem a alegria das crianças e principalmente dos adultos.
"It's so fluffy i'm gonna DIIIIE"



14. Um filme que todo mundo tem que ver: Uma Linda Mulher.
Clássico, lindo, apaixonante!
 Eu amo a trilha sonora, e é aquele filme de amorzinho que faz qualquer pessoa suspirar e mesmo assim, apesar de ser do gênero romance, consegue não ser clichê. Fico abismada com a beleza dessa Julia Roberts!



Espero que tenham gostado. Esse é apenas um post indicando filmes legais que eu assisto e amo, caso queiram uma resenha detalhada de algum destes ou de outros comente abaixo, que terei um prazer imenso de escrever. 
^-^
Gostou ou gosta de algum desses filmes? Me conte nos comentários!

Beijos,
Thay.

A volta do blog!


Que rufem os tambores! O Blog Puts Escrevi está de volta! YAY!  (Os emoticons de panda também, inclusive.)


     Oi meus amores!
   Nem acredito que finalmente estou escrevendo esse post! Que saudade! Fiquei 2 anos afastada do meu cantinho preferido, pois ano passado foi muito corrido (o melhor, mas ainda assim... corrido), era final do Ensino Médio e eu queria fechar minha vida escolar com chave de ouro e boas notas! Hahaha. Nos últimos meses do ano me tornei parte da comissão de formatura e ainda oradora da colação de grau, tive que lidar com tudo isso MAIS as  lições, provas e trabalhos. Foi bem complicado e exigiu certo esforço de mim e dos meus amigos, mas no final deu tudo certo e foi extremamente gratificante, saiu tudo lindo e foi um ano maravilhoso.

   Bom, faz alguns meses que estava querendo voltar pra cá, mas o antigo layout não me deixava a vontade e de certa forma parecia que o blog não era mais meu. Nesses dois anos mudei muito, não combinava mais com aquele estilo toda "menininha" de antes. Então pois bem, resolvi mudar tudo por aqui e sinceramente estou mega feliz com o resultado.

   Inclusive, lá na página do about, tem um novo "quem sou eu?". Para quem quiser saber um pouco sobre mim: Clique aqui.

   Em suma, continuem acompanhando as postagens do blog. Escreverei sobre comportamento, música, filmes, séries, livros e tudo o que cerca meu mundo, e acredito que o de vocês também. 


Os clichês beijos de cereja,
Thay.

Inspiração: Rocker!


Oi gente! 

   Eu adoro fazer esses post de inspiração, e procurar as fotos de coisas que me inspiro para publicar aqui. Eu particularmente amo esse estilo com uma pegada mais rocker, decidi procurar por fotos bem aleatórias, apenas uma pequena inspiração mesmo.
  E ah, de vez em quando eu costumo misturar o estilo rocker com outros estilos. Não consigo ter um estilo só, e nunca sei definir se eu tenho um estilo definido ou não. Eu acho que a gente tem que usar o que quer e na hora que quer, o que importa é você se sentir bem e estar feliz. (Fica a dica!)









Espero que tenham gostado!

                                                                                                                   Um beijo!

Comportamento: Somos diferentes, eu sei.

    


    Hoje tive a seguinte conclusão: cada pessoa nos vê de formas diferentes, e quanto a isso, não há nada a fazer. 
    Engraçado quando descobrimos "sem querer", ou "por querer" a forma que os outros nos julgam. Não é dessa forma que nós mesmo nos vemos, mas também não podemos culpar as outras pessoas por terem uma opinião sobre nós, ela sendo certa ou errada. É como aquela velha história: "ninguém sabe se o vermelho que eu enxergo é como o vermelho que você enxerga", com as pessoas é quase que exatamente dessa forma.
   Precisamos saber lidar com cada um, com cada jeito de ser, e ter cuidado para não cometer erros com as pessoas. O ser humano é complicado, cada um tem uma forma de agir e pensar sobre tudo, muitas vezes erradas ou muitas vezes certas (depende do foco de cada um). Se tal pessoa disser "você é de tal forma, e eu não gosto disso", a única coisa que podemos fazer é tentar entender o lado da pessoa, e nos auto-jugarmos para ver se tem de fato algo de errado, se tiver, é claro que não tem como mudar, mas amenizar a situação é preciso. Ninguém é perfeito, você não é, e eu também estou longe de ser, mas por favor, tentem entender o que realmente acontece com a pessoa, e se ela percebe o que ela faz ou não, muitas vezes a forma que VOCÊ está vendo essa pessoa, é totalmente o contrário que ela está tentando te mostrar.
   Ninguém nunca está certo, você pode ser a pessoa mais correta do mundo, sempre vai ter alguém que não irá gostar do seu jeito ou de alguma coisa que você faça, mas a única solução é entender ambas as partes e saber lidar direito com tudo isso. Somos diferentes, e é exatamente isso que nos torna perfeitos. Com os seus e os meus defeitos nos tornamos únicos, humanos e crescemos com o nosso jeitinho de ser. 
                                                                                                                              - T.